A diferença entre, o amor e a paixão?

Role Pra Ler

[pro_ad_display_adzone id=”11390″ cookie=”1″]

Será que passamos a vida toda acreditando fortemente que o amor é o sentimento mais forte que sentimos por outra pessoa? Ou será que entre o gostar, amar e estar apaixonado existe algo ainda maior?

Tenho essa duvida ha muito tempo, pois ao se amar alguém pra caralho você começa a questionar que o amor que sente por essa pessoa é pouco, pra o que tanto de cosias que você pensa em querer fazer com a outra pessoa.

Mas as pessoas dizem que a paixão se transforma em amor e que esse amor torna a vida mais longa, e que as pessoas apaixonadas elas passam a enxergar no outro aquilo que desejariam que ele fosse, e não o que ele realmente é, mas e se esse conceito estiver errado, porque o amor é algo compartilhável uma vez que você ama uma pessoa, uma coisa, um lugar esse sentimento nunca vai ser deletado do seu pensamento, da sua vida ou ate mesmo das suas memorias.

Mas a paixão não, ela é algo singular, e nunca vai estar no plural porque quando você se apaixona por uma pessoa todas as outras não fazem sentido, nada faz sentido e você quer estar com pessoa a todo o momento, a saudade que você sente pela pessoa é completamente diferenciada porque o amor é a certeza de tudo em um único sentimento e a paixão é saber que todos os dias você tem que criar algo novo, todos os dias pra ter aquela pessoa do seu lado, vivendo e compartilhando momentos com você. O amor, normalmente, está relacionado a um sentimento bonito, estável e sereno, mais controlável e menos temido, enquanto a paixão nos invade, domina nossos pensamentos, é tida como arrebatadora, turbulenta e, muitas vezes, sofrida mas antes que pense que é o fim do mundo, não existe relacionamento sem dor, é a dor do relacionamento que vem os melhores, poemas, musicas, filmes, e das dores do relacionamento que nascem as melhores declarações, por mais dolorosa que seja no fundo você sabe o que realmente vale a pena.

Lembrando que essa é o meu pensamento sobre o amor e a paixão, penso assim desde pequeno e acredito que é uma ideia funcional, partindo do ponto onde o amor é compartilhável com familiares, amores antigos, amigos, seu bichinho de estimação e qualquer coisa material, mas a paixão não pois é algo mais de apenas uma coisa, como por exemplo um lugar onde você vai sempre e é apaixonada por esse lugar, apaixonada por aquela comida, aquela bebida, aquela pessoa que não sai da sua cabeça.

Tem outra opinião deixe seu comentário ou envie um email para [email protected]

Pular para a barra de ferramentas