Recentemente fomos a umas 10 farmácias a procura do Siblima, e realmente nao conseguimos encontrar nenhuma que tivesse o medicamento, visto que nenhuma farmacia em nenhum dos 3 bairros que nós fomos, entramos em contato com o Fabricante e tivemos esta resposta.

Obrigada pelo seu contato e desculpa pela demora em nosso retorno.
Devido à alta demanda, superando as nossas expectativas e produção, há algumas regiões do País com indisponibilidade do medicamento Siblima® em estoque.
Todas as ações estão sendo tomadas para que a situação seja normalizada o quanto antes e a nossa expectativa é de que os estoques nos pontos de venda estejam normalizados no mês de novembro.
Diante disso, converse com seu médico, pois ele poderá orientá-la sobre possíveis substituições neste momento.
Contamos com sua compreensão e, se tiver novas dúvidas, estamos por aqui.
Andrea
Assistente de Atendimento ao Consumidor
Gerência de SAC e Farmacovigilância
Diretoria de Relações Institucionais

Libbs Farmacêutica
T 0800 013 50 44

 

Visão Geral:

As pílulas contraceptivas orais combinadas são um medicamento de uso diário que contém dois hormônios (estrogênio e progestina) para evitar a gravidez.

Marcas comuns: Femiane, Harmonet, Stezza, Tess, Elamax, Allestra 30, Selene, Diane 35, Siblima, Ciclo 21, Tâmisa 20, Allestra 20, Qlaira, Mercilon, Adoless, Diminut, Yasmin, Nordette, Yaz

Como funciona, Eficácia, disponibilidade, esforço, infecções sexualmente transmissíveis, hormônios.

A combinação de estrogênio e progestina impede que os ovários liberem óvulos. A pílula deve ser tomada diariamente por três semanas, e durante a quarta semana haverá um sangramento semelhante à menstruação.

Benefícios e efeitos colaterais

Acne: pode ser reduzida
Peso: improvável que seja afetado
Alterações menstruais: pode se tornar regular, menos intenso e mais curto
Outras possibilidades: sangramento de escape (spotting), sensibilidade mamária, náusea ou alterações de humor
Informações adicionais: pode proteger contra câncer de ovário, anemia, doença inflamatória pélvica e cistos de ovário

Consulte um médico para receber orientação
Fontes: Hospital Israelita A. Einstein e outros.