É difícil encontrar uma mulher que não tenha fingido um orgasmo, até mesmo os homens ja fez uma arte dessa.

Contudo, este não deveria ser um assunto comum numa roda de amigos, até porque todo mundo merece uma sexagem prazerosa e interessante.

Assim, uma pesquisa feita pela Sexlog e o aplicativo YSOS com mais de 11 mil pessoas, chegou à conclusão que cerca de 72% das mulheres já fingiram um orgasmo.

Ainda dentro da porcentagem, os motivos se dividem: 45% fingiram porque não conseguiam chegar lá durante a transa, já 26% queriam que o momento chegasse ao fim.

Pensando nesses números alarmantes, a lista abaixo foi feita para mostrar o lado negativo de fingir orgasmos e começar a pensar muito sobre isso.

O relacionamento pode realmente não estar bom;

A rotina certamente chegou pra vocês e esta é o ponto em que o sexo não é mais prazeroso, mas se tornou algo automático.

Assim, vocês têm aquele dia pra fazer, chega do trabalho, ou se pegam num final de semana, e não tem um romance envolvido não tem o sentimento.

Dessa forma, a melhor saída o diálogo, conversar para saber quais são os pontos bons e ruins da relação sempre juntos.

Prazer é saúde e não dá para esquecer isso;

Lembre-se que durante a relação sexual o fluxo sanguíneo aumenta junto com a frequência cardíaca quando vai chegando ao clímax.

Por tanto, a principal característica do orgasmo é uma contração seguida de um intenso relaxamento, capaz de aliviar as tensões musculares, relaxando o corpo inteiro.

Sem falar nas endorfinas e oxitocinas até cinco vezes mais do que em situações normais que o corpo libera fazendo com que tenha um alivio de dores, cólicas durante o sexo.

Mas não deixe de usar camisinha caso venha fazer sexo menstruada;

Autoconhecimento;

O ato de fingir orgasmos pode estar ligado ao fato das mulheres não se conhecerem,

até pelo fato de que desde pequena as meninas são ensinadas a não se tocarem ou nem falar sobre o assunto.

Dessa forma imagine que seu parceiro é apressado ou egoísta demais para entender que tudo começa nas preliminares.

Assim, quando ele estiver desesperado em apenas “meter” você pode facilmente

usar seu dedo para se estimular e chegar ao clímax ajudando a si mesma e ao seu parceiro.

Os homens se achando OS CARAS na cama;

Ao fingir orgasmos você vai alimentar a ideia do fodão o maluco que não sabe encontrar

o clitóris com a língua mas ao terminar a sexagem, vai certamente

dizer pra geral que faz gozar sem ao menos ter feito isso de verdade.

Falta de sintonia com o parceiro:

sintonia faz com que a mulher fique indisposta e se esquive do sexo ao longo do tempo.

No entanto, a responsabilidade não é toda do homem. O sexo é troca e também cabe à mulher dar a direção do ato e é necessário confiar na pessoa com quem se transa.

Assim, procure da preferência a posições que se sinta mais estimulada e como dito acima, procure se tocar.

Não estar bem consigo mesma;

O sexo não deve ser nunca uma obrigação.

Dessa forma as mulheres que transam sem nenhuma vontade são inúmeras.

Contudo, mesmo o sexo sendo a dois o orgasmo é singular então fingir orgasmo só vai atrasar o seu lado.

Assim, você deve estar bem consigo mesma. Para isso, ela precisa estar confortável na relação sexual